sexta-feira, 18 de março de 2011

Fonteyn e Nureyev - Marguerite e Armand


Meu casal favorito na dança sem nenhuma dúvida é Nureyev e Margot Fonteyn. A bailarina inglesa estava se aposentando quando, em 1962, o russo apareceu na sua vida. Tinham 20 anos de diferença. Nada, porém, os impediu de ficarem juntos por 15 anos. E que dupla formavam!

Aqui vocês encontram mais informações sobre as duas estrelas.

Confiram os vídeos em que interpretam Marguerite e Armand. O balé foi coreografado por Sir Frederick Ashton, em 1963, especialmente para eles. A música é de Liszt. O trabalho é inspirado em A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas.

Na temporada de primavera de 2010 do American Ballet, Marcelo Gomes também viveu Armand. No entanto, a coreografia é outra: A Dama das Camélias, do norte-americano John Neumeier, diretor do Hamburg Ballet, na Alemanha. A música é de Chopin. Gostaria de ter visto!


video

video

domingo, 13 de março de 2011

Billy Elliot


Para dar sequência aos posts sobre filmes de dança, escolhi Billy Eliot. O longa britânico (um dos meus preferidos) é sensacional. Faz a gente rir, chorar, torcer. E olha que a opinião não é só minha. Familiares e amigos que o assistiram contam que se emocionaram com a história.

Lançado em 2000 e dirigido por Stephen Daldry (estreia do cara no cinema), fala sobre o menino de 11 anos, de uma pequena cidade inglesa, que troca as luvas de boxe pelas sapatilhas. As dificuldades são as mesmas enfrentadas ainda hoje por grande parte dos garotos que deseja se dedicar à dança.

Billy começa a frequentar as aulas de balé escondido da família: pai e irmão mais velho - mineiros e machões - e avó. A mãe tinha morrido. Com a ajuda da professora nada convencional, Sra. Wilkinson (Julie Walters), aprende os primeiros passos. Em pouco tempo, ela percebe que o menino nasceu para a arte. Assim, propõe que ele faça teste para entrar na renomada Royal Ballet School.

Convencer o Sr. Jackie Elliot (Gary Lewis) de que essa é a melhor escolha para Billy não é tarefa fácil. A opinião do pai, porém, muda quando vê o rebento dançar. Numa sequência de cenas belíssima, percebe que o futuro do menino pode ser diferente, bem longe das minas de carvão.

Uma das partes mais bacanas também é o fim do teste de Billy, no qual diz aos examinadores o que sente ao dançar. É de arrepiar! Na realidade, muitas cenas causam essa sensação.

Além do roteiro e trilha, as atuações são ótimas, principalmente a de Jamie Bell, que interpreta Billy. Na época, o ator tinha 14 anos. Billy Elliot se transformou em musical de sucesso em 2005, com música de Elton John. Em 2009 ganhou 10 Tony Awards, incluindo de melhor musical.

video

quarta-feira, 9 de março de 2011

O balé está morrendo?


Estava no Terminal Tietê, no domingo (6), quando vi a capa do Estadão numa banca. A chamada da matéria principal do Caderno 2 me fez comprar o jornal rapidamente.

O texto - cujo título é Última Dança? -, de Francisco Quinteiro Pires, fala sobre o polêmico livro Apollo's Angels, escrito pela ex-bailarina e crítica de dança Jennifer Homans. A obra, lançada nos Estados Unidos no fim de 2010, foi eleita uma das melhores do ano pelo New York Times.

O livro mostra o desenvolvimento do balé ao longo dos últimos três séculos. Segundo Jennifer, também explica o que acontece atualmente com a arte, tentando estabelecer debate sobre a decadência da mesma.

"A coreografia contemporânea é tediosa, metódica, acrobática; ela deixa de lado a poesia e a criação de significado. Pode até ser tecnicamente sensacional, mas raras vezes é capaz de estimular as nossas emoções. O balé parece ter sido retirado da nossa vida, como se não fizesse parte do que somos."

Polêmica? O balé está mesmo acabando? Ainda estou refletindo. E vocês?

Veja a matéria completa aqui.

Escolhi para esse post um vídeo que me emociona demais. A sensacional italiana Carla Fracci fazendo a cena da loucura de Giselle (a melhor na minha humilde opinião). A versão, de 1968, é do American Ballet; o dinamarquês Erik Bruhn interpreta o príncipe Albretch. Recordo a primeira vez que a assisti. Lembra disso, Petito? Faz um tempão.


video
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...